terça-feira, 5 de setembro de 2017

Júlio Andrade e Marjorie Estiano fazem jus ao protagonismo de "Sob Pressão"

"Sob Pressão" já é uma das maiores surpresas do ano. Baseada no filme homônimo, dirigido por Andrucha Waddington, a série é de uma qualidade ímpar e consegue ser melhor que o longa. Tem sido incrível (e impactante) acompanhar a saga de médicos que lutam para salvar vidas em meio aos caos da saúde pública do Rio de Janeiro (que reflete todo o Brasil). Mas, em meio a tantos pontos extremamente positivos dessa trama da Globo, coproduzida com a Conspiração, há um grande trunfo que deixa o enredo ainda mais imperdível: o talento de Júlio Andrade e Marjorie Estiano.


Nada melhor para uma boa história do que ter intérpretes competentes defendendo perfis bem construídos. E é exatamente isso que acontece na série. Evandro e Carolina são personagens que transbordam densidade, tendo o drama como principal alicerce. Seria catastrófica a escolha de atores ruins ou até medianos. Era necessária a escalação de profissionais irretocáveis. Portanto, a seleção de Andrucha para o filme foi perfeita e a permanência de ambos no seriado comprova a tese de que em time que está ganhando não se mexe.

Afinal, como o restante do elenco mudou (menos Stepan Necerssian e Josie Antello), poderiam ter trocado todo mundo, partindo do zero, mantendo apenas a premissa. Mas, acertadamente, não tomaram essa atitude por causa desse casamento perfeito de perfis grandiosos com intérpretes dedicados.
O cirurgião-chefe de um hospital público caindo aos pedaços representa uma espécie de herói nacional, enquanto a cirurgiã vascular (que busca na fé o antídoto para miséria que enfrenta no dia a dia) funciona como um contraponto e um complemento ao colega, com quem se envolve amorosamente. São figuras que se parecem em virtude do sofrimento que carregam e se diferem na forma como lidam com isso no trabalho.

Evandro salva a vida de vários pacientes todos os dias, mas, ironicamente, não conseguiu salvar a da esposa, Madalena (Natália Lage), um ano atrás. Desde então, o médico carrega essa devastadora culpa e se enche de antidepressivos para suportar a rotina dura do hospital e lidar com suas feridas emocionais. Ele ainda risca a parede sempre que perde algum paciente, depositando ali parte da sua frustração. Já Carolina foi abusada pelo pai na infância e até hoje carrega esse sofrimento dentro dela, além de ter desenvolvido um processo de automutilação, fazendo cortes em sua cintura sempre que está mais abalada. Ou seja, são perfis absurdamente densos que juntos ficam ainda mais ricos dramaticamente.

Os atores deram um show no filme e estão novamente esbanjando talento na série, conseguindo agora maior destaque em função do crescimento em torno da história de vida dos personagens. No longa, por razões óbvias, não foi possível se aprofundar muito nos dramas pessoais de cada um. Na versão para a televisão tudo é diferente, valorizando bem mais os intérpretes. Júlio Andrade e Marjorie Estiano estão brilhantes e a sintonia cênica entre os dois é visível, assim como a química do casal, que vive uma história de amor 100% real e nem um pouco voltada para o romantismo clássico de novelas ou contos de fadas. É uma relação bem crível, cujo sentimento vai surgindo aos poucos, através da admiração mútua e identificação da dor.

Júlio é um ator fantástico e nunca foi valorizado como merecia na tevê. Recentemente, conseguiu uma ótima oportunidade no canal a cabo protagonizando "1 Contra Todos", série exibida pela Fox em 2016. Mas, antes, sua carreira foi marcada por participações ou perfis secundários. Ainda assim, ele brilhava. Basta lembrar seu grande desempenho como o íntegro Firmino, na excelente "Justiça" (2016), fazendo uma dupla impecável com Adriana Esteves. Ou então, sua atuação como o Oswaldo, no remake da primorosa "O Rebu" (2014), e sua entrega como o doce Arthuzinho, em "Passione" (2010). Já no cinema tem uma carreira mais rica, com mais de 30 filmes no currículo. E Marjorie é a maior revelação de "Malhação", se firmando como a melhor atriz de sua geração. Coincidentemente, ela também esteve em "Justiça" ano passado, onde emocionou com a bailarina Beatriz. A Manu, de "A Vida da Gente" (2010), foi seu melhor papel até então e vale citar ainda seu desempenho em "Lado a Lado" (2012), "Ligações Perigosas" (2015), entre tantos outros grandes trabalhos.

"Sob Pressão" é um produto de rara qualidade e nada mais prazeroso do que acompanhar dois grandes atores protagonizando uma série tão boa. Júlio Andrade e Marjorie Estiano honram a importância de seus personagens, vivenciando todas aquelas situações fortes com extremo profissionalismo e dedicação.

20 comentários:

Anônimo disse...

Como eu amo esses dois!!!!!!!

Nina disse...

Texto merecido sobre dois atores que honram as artes. Que série boa!

Paula disse...

Atores de verdade e que estão valorizados como merecem!Mas não gostei de saber que só falta dois episódios pra acabar. Como assim? Aquela chatice de Mister Brau dura o ano todo....

Debora disse...

Olá Sérgio tudo bem???


comecei a assistir essa série hj pelo globo play e estou AMANDO, estou no 4º episódio e não vejo a hora de conseguir assistir mais.

Não sabia que era um filme, vou procurar para assistir tb!!!

Os atores então são incríveis!!!



Beijinhos;
Débora.
http://derbymotta.blogspot.pt/

Worm Tail disse...


Sergio, mudando um pouco de assunto, eu gostaria de saber qual a sua opiniao dos box de DVD de novelas da Globo Marcas? Sei que eles lancaram o de Verdades Secretas, Avenida Brasil, Tieta, Vale Tudo, A Viagem, Pai Heroi e Rainha da Sucata dentre mais algumas que nao lembro no momento. Vc ja chegou a adquirir alguns desses box e se sim o que achou? Gostaria de sugerir um post sobre esse assunto ate porque existem tantas novelas classicas que mereciam tambem um lancamento compactado em DVD para colecionadores e fas e a Globo perde esta oportunidade.

JAN disse...

Olá, Sérgio!
Nunca consigo um capítulo inteiro da série... mas sua postagem acendeu minha curiosidade (no bom sentido) e vou tentar assistirno GloboPlay.


ABC
JAN

Matheus Nogueira disse...

Sérgio,o SBT acaba de divulgar o elenco completo de´´As Aventuras de Pollyana´´,vamos lá aos nomes:
Elenco Adulto

Milena Toscano – Luiza
Dalton Vigh – Otto
Miryam Rios – Ruth
Victor Pecoraro – Afonso
Marat Descartes – Durval
Cris Carniato – Fernanda
Otávio Martins – Roger
Clarisse Abujamra – Glória
Mylla Christie – Veronica
Kiara Sasso – Alice
Lazaro Menezes – Lorenzo
Murilo Cezar – Marcelo
Eduardo Semerjian – Salvador
Daniela Paschoal – Joana
Pedro Lemos – Waldisney
Guilherme Boury – Sérgio
Eliana de Souza – Helo
Letícia Cannavale – Claudia
Ivan Parente – Lindomar
Letícia Tomazella – Arlete
Nando Cunha – Ciro
Maria Gal – Gleyce
Gabriela Petry – Sophie
Emilio Farias – Iuri
Lisandra Cortez – Débora
Lílian Blanc – Branca
Jitman Vibranovsky – Antônio
Raquel Bertani – Nadine
Luciana Vidal – Josefa
Helder Sossa – Tião
Rafaela Ferreira – Nancy

Elenco Infanto-juvenil

Sophia Valverde – Poliana
Larissa Manoela – Mirela
João Guilherme – Luca
Graciely Junqueira – Gabriela
Pietra Quintela – Lorena
Bella Moreira – Raquel
Lawrran Couto – Guilherme
Bela Fernandes – Filipa
Enzo Krieger – Luigi
Theo Medon – Mario
Bia Lanutti – Yasmim
Vinicius Siqueira e Kauan Siqueira – Gael e Benício (irmãos gêmeos)
Vincenzo Richy – Vinicius
Duda Pimenta – Kessya
Vitor Brito – Jefferson
Brenda – Flavia Pavanelli
Igor Jansen – João
Henry Fiuka – Hugo
Lucas Burgatti – Eric
Manu Kfouri – Polidróide
Davi Campolongo – Bento

Elenco de Apoio Infanto-juvenil

Alanys Santos – Paola
Valentina Oliveira – Letícia
Camily Vitória – Mavi
Mariany Vitória – Malu
e aí,Sérgio,o SBT montou um bom elenco?

Zilani Célia disse...

OI SÉRGIO!
NÃO TENHO ACOMPANHADO COMO GOSTARIA, MAS AGORA, DEPOIS DE LER TEU TEXTO SEMPRE TÃO ESCLARECEDOR E VERDADEIRO, FIQUEI COM MUITA VONTADE DE FAZÊ-LO.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Vane M. disse...

OI, Sérgio, como vai? Sempre considerei a Marjorie Estiano uma das maiores estrelas da geração, não há papel que não faça essa menina! Boa escolha, abraços!

Luli Ap. disse...

Olá Sérgio
Que texto fantástico o seu!
Sou apaixonada por esses dois monstros da arte de interpretar, a Marjorie sou fã desde sempre e o Júlio Andrade é simplesmente um escândalo de intérprete, ele tem um Q maiúsculo de empatia que faz a gente torcer loucamente pelo personagem.
Olha eu estou surpresa comigo mesma por estar seguindo a série e amando cada episódio.
Sinceramente achei que o tema não fosse me interessar, mas está aí pra provar que qualquer tema por mais difícil que seja pode ser tratado com poetice e (com sua devida licença poética vou usar suas palavras Sérgio) rara qualidade!
Estou seriamente tentada a comprar o livro :))
E já estou prevendo que vou sentir saudades desses personagens incríveis!
ótimo feriado pra ti
Bjsss Luli
Café com Leitura na Rede

Sérgio Santos disse...

Idem, anonimo.

Sérgio Santos disse...

Série espetacular, Nina.

Sérgio Santos disse...

Pois é, Paula...

Sérgio Santos disse...

Continue vendo, Débora. Não vai se arreepender.

Sérgio Santos disse...

Worm, desculpe a demora em responder. Só agora tive tempo. Olha, não adquiri nenhum, mas acho válido pra colecionadores e admiradores de novelas. Não sei qual o esquema de lançamentos. Achoque não seguem uma lógica. Obrigado pela sugestão. abçssss

Sérgio Santos disse...

Veja, Jaan. Eu garanto. É mt bom!

Sérgio Santos disse...

Eu vi, Matheus. abçs

Sérgio Santos disse...

Veja, Zilani.

Sérgio Santos disse...

Ela é mesmo,Vane. bjssss

Sérgio Santos disse...

Luli, eu tb tenho amado e nem é uma temática que me atraia. Mas os atores estão impecáveis e a série é genial. O livro deve ser igualmente bom. bjssss